<$BlogRSDUrl$>

15.8.05


[é um ato de exposição. desnudar-se aos rebocos até o vergalhão ficar exposto.]

retorno
a uma paisagem
nossa
onde
a cidade
não alcança

e o tempo
passa com desleixo
porque não se conta
o beijo

o corpo desmonta
o couro
o queixo áspero
em sua nuca lisa
e esse desespero
que é sempre
o quase
que delícia

...

Só pra fazer besteira e escrever qualquer coisa que me viesse ao
praticar você no alcance. Pra ver se o paladar fica doce. Pra ver se
posso digerir a noite.

E não ser distante, mas tanto

teu
que tua carne.
Camacho

|
|

This page is powered by Blogger. Isn't yours?